Webmail


Coleta do teste do pezinho em papel filtro

Edição: 03-17

O chamado teste do pezinho refere-se ao conjunto de exames de triagem neonatal, metodologia de rastreamento para patologias como as doenças metabólicas, hematológicas, infecciosas e genéticas, aplicada na população com idade de 0 a 30 dias de vida. Os cuidados com o papel filtro e seu manuseio, bem como a coleta correta e a adequada conservação da amostra, são fundamentais para a realização dos testes da triagem neonatal.


Assinatura digital para o laboratório clínico

Edição: 02-17

A emissão online de laudos de resultados de exames é um grande avanço da tecnologia da informação (TI) ligada à saúde. Para garantir a autenticidade e integridade do laudo eletronicamente emitido, este deve contar com a assinatura digital do responsável por sua liberação que, por sua vez, deve possuir certificação digital emitida por autoridade certificadora habilitada. Leia mais sobre certificação digital nesta edição do Lab Informa.


Sistema Nacional de Notificações para a Vigilância Sanitária - NOTIVISA

Edição: 01-17

O NOTIVISA que é o Sistema Nacional da Vigilância Sanitária para registro de problemas relacionados ao uso de tecnologias e de processos assistenciais, por meio do monitoramento da ocorrência de queixas técnicas de medicamentos e produtos para a saúde, incidentes e eventos adversos. O NOTIVISA divulga alertas gerados a partir de notificações e sua consulta é uma ferramenta útil de informação sobre produtos para o laboratório clínico.


Obrigatoriedade de Entrega da DIRF e do Recolhimento dos Impostos

Edição: 12-16

A DIRF, Declaração do Imposto sobre a Renda Retido na Fonte, é uma obrigação tributária acessória anual onde todas as pessoas jurídicas, devem informar a Receita Federal do Brasil – RFB os beneficiários das retenções efetuadas pela empresa. De acordo com o art. 9º da Instrução Normativa nº 1.671 de 22 de novembro de 2016 a DIRF 2017, relativa ao ano-calendário de 2016, deverá ser apresentada no dia 15 de fevereiro de 2017. Neste informativo iremos abordar a retenção e informação na DIRF dos tributos retidos nos pagamentos de serviços tomados de outras pessoas jurídicas.


Dosagens bioquímicas em urina de 24 horas

Edição: 11-16

Amostras coletadas em períodos longos, habitualmente de 24 horas, costumam ser preferidas às isoladas, sobretudo quando se pretende obter informações quantitativas, por fornecerem resultados mais consistentes. Deve-se estar atento que a maioria das discrepâncias observadas entre os testes em amostras de 24 horas decorre de problemas relacionados com a coleta e/ou preservação da amostra.


Novembro Azul – Conscientização sobre o câncer de próstata

Edição: 11-16

Neste mês, apoiando a campanha Novembro Azul que alerta para os cuidados com a saúde do homem, o Lab Rede está divulgando uma edição especial do Lab Informa: Câncer de próstata, elaborada para o público geral, como ferramenta de informação sobre a doença. Compartilhe essa edição com seus clientes.


Gerenciamento de Riscos e da Segurança do Paciente

Edição: 10-16

Define-se como gestão de riscos o conjunto de ações estratégicas para identificação, análise, prevenção, tratamento e monitoramento dos riscos relacionados ao processo. A gestão de riscos deve se tornar parte dos processos organizacionais e seu sucesso depende do envolvimento de todos.


Dosagem de eletrólitos e o pré-analítico

Edição: 09-16

Os eletrólitos são fundamentais para a manutenção da homeostase do organismo. Alguns eletrólitos são mantidos em limites estreitos de concentração e os distúrbios neste equilíbrio podem ser críticos para a manutenção da vida. Cuidado especial deve ser direcionado à fase pré-analítica, pois esta é a fase responsável por cerca de 70% do total de erros ocorridos nos laboratórios clínicos e diversos fatores pré-analíticos podem interferir na dosagem dos eletrólitos.


Boas Práticas na Execução de Exames Sorológicos Manuais

Edição: 08-16

Para garantir a qualidade na execução dos testes manuais, bem como dos resultados liberados, recomenda-se a adoção de boas práticas que serão discutidas nesta edição do Lab Informa.


Fase Pós-analítica e Comunicação com o Cliente

Edição: 07-16

Os exames laboratoriais apóiam cerca 70% das decisões clínicas, o que é muito relevante. Uma boa assessoria na fase pós-analítica conduz à melhoria contínua da qualidade dos serviços prestados, fornece um atendimento diferenciado, aumenta a segurança do paciente e a confiabilidade do laudo.


Validação do congelamento de amostras colhidas em gel separador

Edição: 06-16

O Lab Informa deste mês divulga estudo de validação que teve como objetivo avaliar amostras congeladas em tubo gel centrifugado após o congelamento e descongelamento, a manutenção da integridade do material e a ausência de hemólise durante o processo.


Coleta de sangue venoso em pediatria

Edição: 05-16

O Lab Informa deste mês, a partir das Recomendações da SBPC e da OMS, aborda algumas questões pré-analíticas envolvendo a coleta de sangue venoso para exames em pediatria, para que o laboratório possa entender e atender melhor esse grupo particular de pacientes.


Validação do transporte de Material Biológico

Edição: 04-16

A garantia da qualidade na fase pré-analitica inclui o transporte das amostras de modo seguro, mantendo a integridade e estabilidade das mesmas até o processamento. Todos os envolvidos têm a responsabilidade de garantir que as condições de transporte sejam mantidas até a entrega ao Laboratório destinatário. O acondicionamento e transporte de amostras devem ser validados quanto ao tempo, temperatura e estabilidade na rota pretendida, utilizando um sistema tríplice de embalagem e um material isolante adequado.


Em busca do atendimento com excelência

Edição: 03-16

Quem atende deve transmitir a seu cliente segurança, compromisso e credibilidade e, para isso, deve se preparar. Em muitos casos, constrói-se uma representação extremamente positiva da organização apenas com base na qualidade do atendimento. O cliente deve ser atendido com ética, respeito, imparcialidade, justiça, colaboração e sem discriminações.


Contabilidade Gerencial

Edição: 02-16

Neste mês o informativo Lab Informa trará uma novidade em sua publicação. Com o objetivo de levar informação a nossos parceiros, buscando atender às diversas áreas de trabalho dentro do laboratório clínico, além de temas de cunho técnico-científico, o Lab Informa passará a abordar, também, assuntos de gestão. Nesta edição leia sobre a Contabilidade Gerencial.


PSA E CUIDADOS PRÉ-ANALÍTICOS

Edição: 01-16

Atualmente, recomenda-se que a solicitação do exame PSA seja individualizada pelo clínico e amplamente discutida previamente com o paciente sobre o seu significado. A associação do exame com o toque retal é a melhor forma de se detectar precocemente o câncer.


Notificação Compulsória

Edição: 12-15

A Portaria 1.271 de 2014 do Ministério da Saúde define a Lista Nacional de Notificação Compulsória de doenças, agravos e eventos de saúde pública e estabelece sua obrigatoriedade para médicos, outros profissionais de saúde ou responsáveis pelos serviços públicos e privados de saúde.


Transporte de amostras biológicas

Edição: 11-15

A garantia da qualidade na fase pré-analitica inclui o transporte das amostras de modo seguro, mantendo a integridade e estabilidade das mesmas até o processamento.


Prevenção da Hemólise

Edição: 10-15

Hemólise é a ruptura das hemácias e liberação de hemoglobina e conteúdo intracelular no plasma, sendo uma das principais causas de rejeição de amostras para análise laboratorial. As condições inadequadas de coleta das amostras de sangue, incluindo o manuseio, transporte e armazenamento, são causas de hemólise in vitro.


Comunicação de resultados críticos

Edição: 09-15

A comunicação de resultados de exames com valores críticos que podem indicar a necessidade de atuação médica imediata é parte da rotina dos laboratórios clínicos. Cada laboratório deve construir um documento acerca deste procedimento e registrar todas as comunicações.


Valores de Referência

Edição: 08-15

Para auxiliar o clínico a interpretar os resultados dos exames laboratoriais são utilizados os valores ou intervalos de referência. A definição de valores de referência é tarefa importante para os laboratórios clínicos.


Eventos adversos na coleta de sangue

Edição: 07-15

A punção venosa trata-se de um procedimento invasivo cujos riscos em sua execução devem ser conhecidos, informados e minimizados, através de procedimentos de prevenção. Leia mais sobre o assunto no Lab Informa Técnico do mês de julho.


Revendo a coleta de sangue venoso: sequência de tubos

Edição: 06-15

Deve ser respeitada uma ordem de tubos no momento da coleta de sangue, pois a alteração desta sequência pode ocasionar a contaminação por aditivos no tubo subsequente e gerar resultados alterados nos analitos sensíveis a este tipo de interferência. Leia mais no Lab Informa Técnico de mês de junho.


CENTRIFUGAÇÃO DE AMOSTRAS

Edição: 05-15

A centrifugação é um processo usado para separar ou concentrar materiais suspensos em uma solução. No laboratório é empregada para obter plasma e soro livre das hemácias, sedimento de líquidos biológicos, dentre outros. A etapa de centrifugação das amostras é muito importante na fase pré-analítica e deve ser perfeitamente conduzida para reduzir o risco de falhas.


Coleta de sangue para exames da coagulação

Edição: 04-15

Variáveis pré-analíticas podem afetar os resultados de exames. Os ensaios da coagulação são sensíveis às condições de coleta, transporte, centrifugação, estocagem e processamento da amostra. Além disso, informações fornecidas no ato da coleta são importantes para análise dos resultados, tais como condição clinica do paciente, medicações, anticoagulantes e antiagregantes plaquetários em uso.


DOSAGEM DE POTÁSSIO E INTERFERENTES PRÉ-ANALÍTICOS

Edição: 03-15

O potássio está entre os dez analitos mais dosados no laboratório clínico e, para um resultado preciso, é importante atenção para as variáveis pré-analíticas que podem interferir nesta dosagem.


ORIENTAÇÕES PARA COLETA DE URINA DE 24 HORAS

Edição: 01-15

PROGRAMAS



CERTIFICAÇÕES


BUSCA