Webmail

43º Congresso Brasileiro de Análises Clínicas


Edição: 07-16

A mesa redonda intitulada O Associativismo como Forma de Sustentabilidade dos Pequenos e Médios Laboratórios foi uma oportunidade de troca de experiências de gestão .
Considerando que um dos principais objetivos do associativismo empresarial é defender interesses comuns, melhorando as estratégias competitivas de mercado, várias vantagens da união de Laboratórios, foram apresentadas e discutidas entre os presentes.
O inícico da história do Lab Rede evidencia princípios Associativistas, tendo protagonizado em 2000 o nascimento de uma Rede de Laboratórios de grande sucesso! Com aproximadamente 200 associados, o Lab Rede reforçou nesta mesa redonda seu posicionamento como referência em atendimento diferenciado, qualidade e transparência.
A discussão permitiu também analisar o atual cenário econômico e o desequilíbrio entre receita e despesa enfrentado pela maioria dos Laboratórios. A análise deste desequilíbrio reforçou algumas necessidades:

 

Olhar para sua empresa com foco em melhorias e reformulações constantes.
Analisar o mercado.
Elaborar um bom planejamento estratégico e dimensionar a empresa para esta perspectiva, enxugando os excessos.
Identificar o que realmente é importante e quais processos podem ser otimizados.
Rever rotinas e processos contando com mecanismos de controle de qualidade eficientes.


Através da análise focada no Associativismo, ficou claro para todos que o momento é de rever conceitos e fortalecer parcerias.

 

O 43º Congresso Brasileiro de Análises Clínicas aconteceu em São Paulo-SP, de 26 a 29/06/2016 e contou com a participação do Lab Rede, representado também por sua diretora técnica, Myrian Farace, e pelos colaboradores Fabrício Galvão (coordenador de automação), Carolina Gonçalves (assessora científica), Pedro Gomes (gerente comercial), Nilson Moral e Luciano Marzano (equipe comercial).
Além da participação na mesa redonda, o trabalho Avaliação do Perfil das Doenças de Notificação Compulsória Realizadas em um Laboratório de Apoio no Ano de 2015, desenvolvido pela equipe de Assessoria Científica, foi apresentado no congresso pela assessora Carolina Gonçalves.

 

 

 

PROGRAMAS



CERTIFICAÇÕES


BUSCA